Bruxismo, Estresse e Ansiedade. Qual a relação?

Eu sou o Dr Paulo Coelho (Professor de Odontologia e Especialista em ATM e Disfunção da Articulação Temporomandibular pela Escola Paulista de Medicina). Estou escrevendo este artigo, com o propósito de responder ao email enviado pela Valéria. Pois ela nos pergunta sobre a relação e o tratamento entre o Bruxismo, Estresse e Ansiedade. Aproveito para lhe dizer que realizo Tratamento do Bruxismo nas Unidades de São Paulo (Brooklin e Tatuapé) bem como na Unidade de Campinas. Assim ela nos escreve:

Dr Paulo Coelho eu tenho um Bruxismo Acentuado e eu gostaria de saber qual a relação entre Bruxismo, Estresse e Ansiedade. Qual o tratamento mais indicado?

Olá Valéria obrigado pela sua pergunta.

Infelizmente estes sinais e sintomas estão associados entre si em um ciclo vicioso. Onde a frequência dessas ocorrências tem aumentado muito nos últimos anos.

Estudos e relatos científicos, publicados no mundo, demonstram sinais de uma epidemia de Estresse e Ansiedade, jamais vista na história.

Atingindo tanto adultos bem como crianças e adolescentes.

O que é o Bruxismo?

O Bruxismo consiste no hábito involuntário de ranger os dentes, Sendo hábito ocorre com maior frequência durante a noite. Mas que pode eventualmente, ocorrer também durante o dia.

Outra forma de ocorrência do bruxismo é o apertamento dos dentes, que gera consequências semelhantes ao ranger de dentes

Quais as consequências do Bruxismo?

Infelizmente estes problemas associados geram muitas consequências e complicações na saúde bucal, como:

Gengivite e Periodontite

Inflamações e sangramentos das gengivas também são muito comuns. Pois a pressão sobre as estruturas de suporte do dente (gengiva e periodonto) abalam e amolecem os dentes podendo até levar a queda deles. O que ocorre com muita frequência.

Dores e Disfunção na ATM

Toda a força colocada sobre os dentes reflete na ATM (Articulação Temporo-Mandibular) que é o eixo de apoio da abertura e fechamento da boca.

Sendo que em períodos de ansiedade, a pressão sobre a ATM aumenta muito.

Gerando dores de cabeça bem como o aumento dos estalos da articulação, durante a abertura e o fechamento da boca e durante a mastigação.

Zumbido no Ouvido e Labirintite

A proximidade anatômica da ATM com o ouvido frente e a compressão excessiva destas estruturas pelo bruxismo, podem gerar Zumbido no Ouvidos e crises de Labirintite.

O zumbido no ouvido ocorre de diferentes formas, o que aumenta ainda mais o nível de ansiedade e de estresse nos pacientes.

Principalmente durante a noite onde a percepção do zumbido é maior.

Paralisia Facial

Vários são os fatores causadores das paralisias faciais. No entanto, nos últimos anos, a causa mais recorrente desta manifestação esta relacionada aos fatores emocionais de estresse e ansiedade excessiva relacionado ao bruxismo.

Onde infelizmente o número de pessoa com paralisias faciais tem aumentado muito. Não só no Brasil como no mundo todo como consequência a a correria do dia a dia e a baixa qualidade de vida

Mordidas na Bochecha

Mordidas na bochecha com sangramento e formação de grandes aftas nas bochechas também estão relacionas a estas parafunção.

Onde o apertamento e o ranger de dentes de forma involuntária acaba ferindo e machucando internamente as bochechas gerando muito desconforto e dor.

Ronco e Apneia Obstrutiva do Sono

A baixa qualidade do sono bem com fatores relacionados a insônia interferem diretamente na qualidade do sono.

Onde observamos o ronco como um sinal de desequilíbrio da respiração durante o sono, ou seja, a pessoa esta respirando com dificuldade e a qualquer momento pode para de respirar.

As consequência desta parada respiratória (Apneia), são engasgos durante o sono. Que podem levar a um AVC ou ao óbito, o que infelizmente ocorre muito.

Quebra e desgaste dos dentes

De acordo com a frequência e a intensidade o bruxismo bem como o apertamento dentário costumam gerar a quebra e o desgaste dos dentes, resultando em dores intensas e continuas.

Tratamento do Bruxismo

O diagnóstico das causas do Bruxismo, como o estresse e a ansiedade é de essencial, pois vai determinar todo o plano de tratamento.

Lembrando que existem outros fatores causais, alem desse citados daí a importância de um diagnóstico aprofundado.

Objetivos do tratamento:

  • diagnosticar e eliminar o fator etiológico ou causador
  • eliminar as interferências dentárias causadas pelo desalinhamento dos dentes
  • controlar a hiperatividade muscular
  • preservar e restaurar as estruturas orais e dentais
  • instalação de plaquinhas de mordida para proteger os dentes e a estrutura periodonta
  • aplicação de Botox para o controle e redução da hiperatividade muscular
  • Bichectomia onde a hiperatividade muscular bruxismo gera muitas aftas e sangramentos nas bochechas

O diagnóstico do Bruxismo deve ser feito o quanto antes 

Há 25 anos atuo neste tratamento e infelizmente os pacientes me procuram quando a situação já esta bem avançada.

E as consequências na maioria das vezes já estão em um grau irreversível. O que seria facilmente evitada com o controle e a prevenção.

Portanto recomendo que você procure um tratamento o mais rápido possível.

Perguntas Frequentes sobre Bruxismo Estresse e Ansiedade

Como é o bruxismo?

Ele é caracterizado pelo ato de ranger ou de apertar os dentes, por consequência da hiperatividade muscular dos músculos faciais em especial dos músculos da mastigação.

Podendo ocorrer tanto durante o dia como durante a noite durante o sono.

Durante a noite ele atrapalha diretamente a qualidade do sono.

Interferindo na qualidade de vida da pessoa que passa a ter sonolência diurna, perda ou aumento abrupto de apetite, falta de concentração e um nível elevado de mau humor.

Geralmente ele esta relacionado ao alto nível de estresse que aumenta ainda mais com as consequência da perda da qualidade do sono.

Que aumenta ainda mais o bruxismo. dental Que piora ainda mais o sono. Ou seja é um ciclo vicioso progressivo que pode levar a consequências devastadoras ao organismo.

Crianças podem ter bruxismo?

As crianças em fase de desenvolvimento, podem ter um metabolismo acelerado.

Ainda mais em situações de grande stress, como cobranças escolares excessivas, por exemplo.

Os pais, que devem buscar orientação e tratamento adequado em busca da melhora da qualidade de vida da criança.

Perguntas Frequentes sobre o Bruxismo Estresse e Ansiedade

Dr Paulo me chamo Vera e tenho 45 anos de idade. Estou com um zumbido no ouvido. No entanto eu ja passei por vários otorrinolaringologistas que me alertaram que o meu zumbido esta relacionado ao meu bruxismo. Isto é possível.

Olá Vera. obrigado pelo seu email.

Sim é verdade os seus otorrinos estão corretos, pois muitas vezes o ranger de dentes pode gerar o zumbido no ouvido.

O zumbido no ouvido pode ter muitas causas e uma delas é o zumbido.

Sempre recomendo que primeiro a pessoa faça uma análise com o otorrino e depois retorne ao dentista.

Pois o ranger de dentes é caracterizado pela hiperatividade muscular dos músculos da mastigação  que acabam pressionando Articulação Temporomandibular (ATM) que pode gerar os zumbidos.

Vera existem várias formas de tratamento para o ranger de dentes.

Recomendo que você procure na sua região um dentista especializado no tratamento da disfunção da articulação temporomandibular.

Qualquer outra dúvida pode voltar a me escrever.

Prezado Dr Paulo Coelho,  o meu nome é Bianca. Eu já fiz diversas plaquinhas com diversos tratamentos para o tratamento do bruxismo e nenhuma deu certo. Qual a melhor placa para o tratamento do bruxismo?

Olá Bianca, obrigado pelo seu email.

O tratamento do bruxismo não é feito com placas.

Na verdade as placas tem 2 funções no tratamento:

  1. Aliviar a pressão da capsula articular da articulação temporomandibular (ATM)
  2. Proteger os dentes do atrito que o bruxismo causa durante o ranger de dentes

O tratamento é realizado através de vários procedimentos que são determinados a partir de um aprofundado diagnóstico. Uma vez que existem um número enorme de fatores relacionados ao bruxismo.

Portanto as plaquinhas podem auxiliar ou complementar o tratamento. Mas ela por si só não trata este problema.

Recomendo que você consulte um Dentista Especialista em Disfunção Temporomandibular, para determinar um diagnóstico mais aprofundado e um tratamento adequado ao seu caso.

Bianca, espero ter lhe ajudado e qualquer dúvida pode me escrever.

O meu nome é Roseli e tenho um bruxismo muito forte. O meu dentista me recomendou fazer aplicação de Botox para tratar o meu bruxismo. Eu gostaria de saber se o Botox realmente trata o bruxismo?

Olá Roseli, obrigado pelo seu email.

O Botox é uma marca comercial da Toxina Botulínica que atua especificamente na hiper atividade da função muscular do músculo onde ela é aplicada.

No entanto o Botox não trata o Bruxismo mas ajuda no controle dele por um período aproximado de 6 meses, variando de pessoa para pessoa.

Porem se o fator causal não for removido o bruxismo volta a ocorrer, pois a ação do toxina botulínica cessa e uma nova aplicação se faz necessária.

Recomendo que você volte a conversar com o seu dentista para esclarecer melhor esta dúvida e qualquer dúvida pode voltar a me escrever.

O que eu recomendo?

Eu recomendo que você converse com vários profissionais e realize o tratamento com aquele que lhe transmitir a maior segurança.

Aproveito então para te convidar a fazer uma visita em uma de nossas Unidades em  São Paulo (Brooklin e Tatuapé), bem como em  Campinas. Pois eu vou ficar muitos feliz em lhe ajudar.