Tratamento Ortodôntico em Crianças – Quando, Como e Porque?

Tratamento Ortodôntico em Crianças - Quando, Como e Porque?

Eu sou o professor Paulo Coelho e estou escrevendo este artigo com o propósito de responder ao email enviado pela Beatriz. Pois ela nos pergunta sobre o Tratamento Ortodôntico em Crianças. Aproveito para lhe dizer que realizo tratamento ortodôntico em crianças nas Unidades de São Paulo (Brooklin e Tatuapé) bem como na Unidade de Campinas.

Respondendo as dúvidas da Beatriz e atendendo a pedidos, enviados por emails, de pais preocupados com assuntos relacionados com a Odontopediatria e Ortodontia, vamos iniciar uma série de Posts buscando  esclarecer suas principais dúvidas, com isso contamos com a sua participação através do nosso e-mail -professor@drpaulocoelho.com.br

Neste primeiro post, vamos conversar sobre a dúvida mais frequente dos pais: "Porque iniciar um tratamento ortodôntico no meu filho se os dentes de leite (dentes decíduos)  vão cair?"

Esta é uma pergunta muito coerente se analisarmos do ponto de vista do tratamento ortodôntico com o objetivo apenas estético, ou seja, desentortar os dente.

Agora se olharmos do ponto de vista funcional a Ortodontia Preventiva associada a Ortopedia Funcional dos Maxilares. Atuam diretamente na busca do equilíbrio do desenvolvimento das "Estruturas Orais"  responsáveis pela  Respiração, Mastigação e Fala.

Uma criança que não consegue se alimentar adequadamente  por conta de uma deglutição atípica, por exemplo. Terá déficit de absorção de nutrientes fundamentais para o seu desenvolvimento. Ou seja, por melhor que seja alimentação que preparamos para os nossos filhos, ele não consegue se alimentar adequadamente.

Uma criança que não respira bem, desenvolve uma série de doenças respiratórias durante a infância. Que podem afetar inclusive durante a vida adulta.

A respiração deficitária prejudica também na qualidade do sono (ronco e apnéia obstrutiva do sono). Uma criança que não dorme bem tem todo o metabolismo alterado,  déficit de atenção e alto índice de irritabilidade.

Uma criança que não consegue falar corretamente, além de sofrer com as brincadeiras e gozações dos amiguinhos. Acaba por ter um baixo índice de rendimento e aprendizado escolar e muitas vezes acaba se isolando, não tendo amigos.

Portanto quando estamos tratando do seu filho ou da sua filha, o nosso objetivo não é apenas "Desentortar os Dentes".  E sim buscar o equilíbrio do desenvolvimento das estruturas orais contribuindo para o desenvolvimento do corpo e buscando "Qualidade de Vida" para a criança.

Para isso desenvolvemos um trabalho multidisciplinar com a participação de fonoaudiólogos, otorrinolaringologistas. E principalmente com o apoio  do maior especialista do seu filho  - você Pai e você Mãe.

Aproveito então para te convidar a fazer uma visita em uma de nossas Unidades em  São Paulo (Brooklin e Tatuapé), bem como em  Campinas. Pois eu vou ficar muitos feliz em lhe ajudar.

Comments are closed.