Evite as dores de dente

Evite as dores de dente

Todo tratamento realizado, interrompido ou não, é passível de dor, de maior ou menor intensidade, de acordo com a gravidade do problema que está a exigir tratamento. Isto vale tanto para a Odontologia como para a Medicina. Nas duas, quando se trata no começo, a eliminação da dor que nos está acometendo é quase sempre imediata e com pouca intervenção. Para os casos extremos de dor, não só os tratamentos são onerosos, como mais demorados e a dor não vai embora com a mesma rapidez. Aos que imaginam que a dor não tem solução e que o jeito é padecer, um alento: tem sim, é a prevenção. Que além de tudo é mais barata, rápida e eficiente.

 

PUBLICIDADE

_________________________________________




_________________________________________

 

Ao primeiro sinal de algum problema, tal como: pequena fratura em um dente, micro orifício que você sente com a língua, ponto que trava ou desfia o fio dental, lugar com sensibilidade ao escovar, pequeno sangramento na gengiva, alteração de sensibilidade com variação ao quente e frio ou alguma mancha ou, ainda, anormalidade no esmalte dodente, ligue no mesmo dia para o seu dentista, relate o fato e marque uma consulta. Não deixe para amanhã, como a maioria costuma fazer. O que não fazemos hoje, provavelmente também não faremos no dia seguinte, a menos que você seja organizado e agende o compromisso para um dia mais oportuno. Se não puder ligar na hora, ponha um rolo de fio dental no bolso até que o faça. Este pode ser um lembrete infantil, mas não deixe para depois.

Tratando no momento da constatação, na maioria das vezes, uma única consulta resolve, desde que você assim proceda sempre. Além disso, o valor despendido será pequeno e as consequências futuras, quase nulas. Não fazendo, estará fatalmente permitindo que o fato gerador do problema progrida, que este aumente, talvez levando a uma prótese, a um tratamento de canal e um tratamento de gengivas por conta do crescimento daquela pequena lesão. Sempre que você tiver os dentes em ordem, a higienização se faz mais fácil e o aspecto motivacional continua em alta para com os cuidados de manutenção. Quando você relaxa não tratando, a própria escovação às vezes fica para segundo plano, como se você estivesse se castigando pelo relaxamento.

 

PUBLICIDADE

_________________________________________




_________________________________________

 

Nada sentindo ou não percebendo algo anormal em seus dentes, gengivas ou outros tecidos moles da cavidade oral, não deixe de visitar seu dentista uma vez por ano. Mentalize uma data, a do seu aniversário, por exemplo, e dê este presente para sua saúde e para você mesmo. Seu bolso irá agradecer, no futuro. Tanto para estes pequenos problemas, como para as consultas anuais de manutenção, procure o seu dentista, aquele que o atende sempre. Ele tem uma ficha completa com sua história clínica e saberá, por ela, examinar os lugares críticos e, no caso de fatores de risco, tais como dificuldade de higienização em uma certa área, por exemplo, ele terá sua atenção automaticamente voltada para eles. Evite mudar muito de dentista e se, por fatores geográficos, tiver que fazê-lo, visite o antigo, justifique sua mudança e peça uma cópia de sua ficha clínica. Isto ajudará seu próximo dentista e o deixará bem com o antigo, para o caso de não dar certo e você ter que voltar ao dentista original que, tendo sua ficha, saberá que alguma outra coisa foi feita em sua boca, que não por ele, colocando-o em situação desnecessariamente embaraçosa.

Por Antônio Inácio Ribeiro, extraído do livro “100 motivos para ir ao dentista” e adaptado por Dr. Paulo Coelho

...

Clique abaixo para enviar as suas dúvidas, eu ficarei muito feliz em poder lhe ajudar

envie suas duvidas, drpaulocoelho
 

PUBLICIDADE

_________________________________________




_________________________________________

 

Posts Relacionados

Sorrir … A Cura para o Stress e para a Depre... Sorrir ... A Cura para o Stress e para a Depressão Estudos recentes demonstram os efeitos benéficos do ato de sorrir, no nosso organismo, principalme...
Saúde Bucal: Contaminação de Escovas Dentais Saúde Bucal: Contaminação de Escovas Dentais As escovas dentais apresentam-se contaminadas por microrganismos? As escovas dentais, após serem utiliz...
Motivos para tratar o Ronco e Apnéia Motivos para tratar do Ronco e Apnéia O incômodo de roncar, para muitos, não tem solução. Para uns só com cirurgia e para outros, com cirurgia melh...
Hábitos que Estragam os Dentes Hábitos que Estragam os Dentes Excetuando-se os decorrentes de problemas relacionados com vícios mastigatórios, que terminam por causar gengivites, e...
ATM e Dor Orofacial ATM e Dor Orofacial Vamos abordar um tema, que por muitas vezes acaba confundindo as pessoas, levando-as a crer que estão com uma simples dor de ca...
Como evitar o tártaro ? O que é e como evitar o tártaro ? Tártaro é uma placa nociva aos dentes, dura e difícil de ser removida. Há cremes dentais e enxaguastes bucais anti-...
Ronco e Apnéia na criança e no adolescente   Ronco e Apnéia na criança e no adolescente Seu filho ronca? Então conheça os riscos e os tratamentos Entendendo o Ronco e a Apnéia O ronco ...
Bruxismo e Ranger de Dentes Bruxismo e Ranger de Dentes Estou escrevendo este Post para responder a dúvida enviada pela Thalia sobre o bruxismo e ranger de dentes. Ela nos pergu...

No Comments Yet.

Leave a Reply

Pin It on Pinterest