Motivos para corrigir dentes tortos

Motivos para corrigir dentes tortos

Eu sou o professor Paulo Coelho e estou escrevendo este artigo com o propósito de responder ao email enviado pelo Ricardo. Pois ele nos pergunta sobre os motivos para corrigir os dentes tortos. Aproveito para lhe dizer que realizo tratamento com aparelhos ortodônticos nas Unidades de São Paulo (Brooklin e Tatuapé) bem como na Unidade de Campinas. Assim ela nos escreve:

Olá Dr Paulo, eu me chamo Ricardo, O meu dentista me recomendou colocar um aparelho ortodôntico. No entanto eu não estou muito afim não. Eu gostaria de saber quais os motivos para eu corrigir os meus dentes tortos?

Às vezes, por fatores genéticos ou por hábitos de infância, como uso prolongado da chupeta ou chupar o dedo, ocorre um mau posicionamento dos dentes na arcada, fazendo com que algumas vezes a estética seja ruim e em outros, que haja prejuízo da função mastigatória, pela impossibilidade que estes dentes tortos articulam entre si.

Pode acontecer também prejuízo da função fonética impedindo ou dificultando a correta articulação das palavras. Quando os dentes estão apinhados faz-se difícil sua higienização, o que acarretará, no futuro, a presença de cáries e, depois de certa idade problemas nas gengivas não adequadamente higienizadas.

Isto tudo sem falar dos prejuízos estéticos que dentes tortos podem trazer. Justamente numa fase em que a aparência é fundamental e fator de aproximação entre pessoas.

Nos diferentes estágios do problema, nas distintas faixas etárias e nos variados tipos de anomalias referentes ao posicionamento dos dentes, existem distintas maneiras de se solucionar esse tipo de problema.

Desde simples aparelhos para uso exclusivamente noturno, passando por aparelhos para uso contínuo, mas removíveis, por aparelhos extra-orais, por aparelhos fixos parciais ou totais, até a necessidade de extrações ou cirurgias para corrigir tamanho ou posicionamento dos maxilares.

Quanto mais simples for o caso e quanto antes iniciar o tratamento ortodôntico, mais fácil será a solução e mais cômodos os métodos utilizados.

Aparelho Lingual 

O Aparelho Lingual foi criado na década de 70 na Universidade da California com o intuído de atender aos atores e atrizes de Hollywood. Bem como a Sociedade de Beverly Hills que necessitava de um tratamento ortodôntico invisível as filmagens. Ao longo dos mais de 40 anos de sua criação ele se tornou menor, mais confortável e mais eficiente. Sendo utilizado no mundo todo. Por isso na nossa prática clínica e acadêmica utilizamos o aparelho lingual há mais de 20 anos.CLIQUE AQUI para conhecer um pouco mais sobre este incrível aparelho ortodôntico.

Os aparelhos móveis, normalmente, requerem um tempo de utilização mais curto. Diferentemente dos aparelhos fixos, que são colados nos dentes e quase sempre requerem tempo de tratamento mais prolongado. Assim como as cirurgias, quer para extrações, como para correções, requerem período de preparação e idade certa para intervenção.

Os tratamentos podem ser preventivos ou corretivos, de acordo com o caso e com a idade do paciente.

Se os tratamentos indicados forem os preventivos, as despesas decorrentes serão bem menores e boas chances de solução dos problemas.

Nos corretivos, com aparelhos fixos ou móveis, os valores serão maiores. Se bem que distribuídos ao longo do tempo de duração do tratamento.

Tratamentos iniciados na dentição mista, além de se gastar menos, têm a vantagem de serem os aparelhos mais cômodos e removíveis.

Os resultados melhores aumentam nesta situação. Outra vantagem dos dias de hoje é que os aparelhos corretivos usados contam com opções coloridas. Que dão uma aparência mais discreta.

Ter uma dentição correta do ponto de vista da posição dos dentes é um benefício que se levará para o resto da vida.

Mesmo não suspeitando de problemas de posicionamento dos dentes de seus filho. Não hesite em perguntar ao seu dentista se ele necessita visitar um especialista para uma melhor avaliação.

Esta pergunta, feita antes da adolescência, o ajudará a economizar tempo e dinheiro. O especialista certo para tratamentos de correção dos dentes é o ortodontista ou ortopedista facial. É a pessoa mais indicada para o tratamento, como também para dar um diagnóstico se é necessária ou não a utilização de aparelhos.

Sendo necessário, não arrisque ou vacile, procure um especialista, ou vários se quiser comparar preços e opiniões, mas não deixe de fazer o tratamento na idade certa, porque as opções com idade mais avançada são bem menores.

Aproveito então para te convidar a fazer uma visita em uma de nossas Unidades emSão Paulo (Brooklin e Tatuapé), bem como emCampinas. Pois eu vou ficar muitos feliz em lhe ajudar.

Adaptação ao texto de Antônio Inácio Ribeiro, extraído do livro “100 motivos para ir ao dentista”.

Comments are closed.